.mais sobre mim
.Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.posts recentes

. Felizmente há luar - test...

. Felizmente há luar - Ques...

. Luís de Sttau Monteiro

. Camões

. Fábulas

. FICHA DE EXERCÍCIOS – “AU...

. Declinação na língua port...

. Palavras Homónimas

. Complemento directo

. Predicado

.tags

. acentuação(1)

. advérbios(1)

. caça ao erro 2(1)

. camões(1)

. conto popular(1)

. declinações(1)

. fábulas(1)

. ficha de exercícios - adjectivos(1)

. ficha de exercícios - adjectivos 2(1)

. ficha de verbos(1)

. funções sintáticas(3)

. gil vicente(1)

. grau dos adjectivos - exercício1(1)

. história da língua portuguesa(1)

. homófonas(1)

. homógrafas(1)

. luis de sttau monteiro(3)

. ortografia - g/j(1)

. palavras homógrafas(1)

. palavras homónimas(2)

. parónimas(1)

. poetas(1)

. preposições(1)

. registos de língua(1)

. testes(3)

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2009

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.links
.pesquisar
 
.Gramáticos desde Janeiro 08
online
Terça-feira, 22 de Janeiro de 2008
Substantivos

O SUBSTANTIVO

 

·        Substantivo ou nome é a palavra com que designamos os seres em geral, quer sejam concretos ou abstractos.

 

Subclasses do Substantivo

 

Substantivos próprios e substantivos comuns:

 

         Os substantivos próprios individualizam os seres – pessoas, animais ou coisas – distinguindo-os de todos os outros da sua espécie. Escrevem-se sempre com maiúscula inicial.

 

                   Ex.: O Pedro tem o gato

                          Não sei se irei ao Japão.

                          Passei em Física.

 

         Os substantivos comuns não individualizam os seres.

                   Ex.: O rapaz tem um gato.

                          Não sei se irei àquele país de que te falei.

                          Passei em todas as disciplinas.

 

Os substantivos concretos e substantivos abstractos

 

         Os substantivos concretos designam pessoas, animais ou coisas pertencentes ao mundo físico.

                  Ex. A Joana esteve na praia.

                         O basquetebolista enfiou a bola no cesto.

 

         Os substantivos abstractos designam acções, qualidades ou estados.

                  Ex. A paz pode existir entre os Homens.

                         Ela deu mostras de grande amor e lealdade.

 

Substantivos colectivos

 

São substantivos colectivos que, embora tendo a forma do singular, designam um conjunto de seres vivos ou de coisas da mesma espécie.

 

Ex.  alcateia (conjunto de lobos) / armada (conjunto de navios de guerra)       cardume (conjunto de peixes) / enxame (conjunto de abelhas).

 

 

 

publicado por paulacalcadaalves às 11:45
link do post | comentar | favorito
|
Os adjectivos

Os ADJECTIVOS

 

 

Os ADJECTIVOS são palavras variáveis que servem para caracterizar o significado dos substantivos, isto é, para indicar as particulares dos seres ou das ideias.

 

Ex.: “Como uma rapariga descalça a noite caminhava leve e lenta sobre a relva do jardim. (…) Do jardim via-se a casa, uma casa grande cor-de-rosa e antiga …”

 

 História da Gata Borralheira”, Sophia de Mello Breyner Andersen.

 

FLEXÃO:

 

  • Quanto ao género:

 

    1. Adjectivos biformes – têm esta denominação, todos os adjectivos que possuem duas formas: uma para o masculino e outra para o feminino. Estes concordam em género com os substantivos.

Ex.: Os cadernos encarnados.

            As bananas amarelas.

 

    1. Adjectivos uniformes – têm esta denominação, todos os adjectivos que possuem uma só forma para os dois géneros, independentemente do género dos substantivos.

Ex.: Os olhos brilhantes.

                As estrelas brilhantes.

 

  • Quanto ao número:

 

    1. O adjectivo concorda em número (singular e plural) com o substantivo que qualifica.

Ex.: A rua enfeitada.

                     As ruas enfeitadas.

 

OBS.: Há adjectivos que têm a mesma forma para o singular e o plural. São por isso chamados de uniformes, quanto ao número.

                   Ex.: simples, piegas.

 

  • Quanto ao grau:

 

O grau é a qualidade que permite que os adjectivos possam designar, com maior ou menor intensidade, as características dos substantivos.

    1. Grau Normal: O João é forte.

 

    1. Grau Comparativo:

 

(1)   Grau Comparativo de Inferioridade: O João é menos forte do que o Pedro.

(2) Grau Comparativo de Igualdade: O João é tão forte como o Pedro.

(3) Grau Comparativo de Superioridade: O João é mais forte do que o Pedro.

 

    1. Grau Superlativo:

 

Grau Superlativo Relativo

Grau Superlativo Absoluto

Inferioridade

Superioridade

Analítico

Sintético

O João é o menos forte da turma.

O João é o mais forte da turma.

O João é muito forte.

O João é fortíssimo

 

 

OBS.: Existem alguns adjectivos que não seguem as normas gerais anteriores e apresentam formas próprias no comparativo e no superlativo.

 

Adjectivo

Comparativo de Superioridade

Superlativo

Absoluto

Relativo

Bom

Melhor

Óptimo

O melhor

Mau

Pior

Péssimo

O pior

Pequeno

Menor

Mínimo

O menor

Grande

Maior

Máximo

O maior

 

Nota: Estes adjectivos apresentam, no entanto, também, algumas formas regulares.

Ex.: boníssimo, malíssimo, grandíssimo, pequeníssimo; muito bom, muito mau, muito pequeno, muito grande.

 

 

 

 

 

publicado por paulacalcadaalves às 11:26
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 19 de Janeiro de 2008
Verbos2
 

VERBOS

 

Os verbos são palavras variáveis que anunciam acções ou exprimem qualidades, estados ou a existência de seres (ou ideias) susceptíveis de serem considerados no tempo (presente, pretérito e futuro).

Os verbos são as palavras mais variáveis de qualquer língua, pois variam em:

modo;

tempo;

voz;

número;

pessoa.

MODOS

 

Os modos são as diversas maneiras de conceber e apresentar a acção, o estado ou a qualidade expressos pelo verbo. Deves saber que, em Português, há cinco modos:

Indicativo;

Condicional;

Conjuntivo;

Imperativo;

Infinitivo pessoal.

 

Interessa, para já, estudares o Indicativo - que apresenta a acção como uma realidade.

Exemplo: « Estudo, comi, falava, direi.»

TEMPOS

 

Os tempos são as formas que tomam os verbos para indicar o momento em que se realiza a acção.

O tempo presente indica que a acção se realiza no momento em que se fala. (Exprime actualidade). Ex:

«Ele canta neste momento.»

« O homem chora e ri, ama e odeia

«O rouxinol canta quando está apaixonado.»

 

A VOZ

As vozes são as formas que o verbo toma para exprimir o papel do sujeito na acção. Há duas vozes. Contudo, importa conheceres, para já a voz activa. Esta indica que o sujeito pratica a acção. Ex:

«O caçador matou o leão.»

 

NÚMERO

Os verbos tomam formas para indicar a singularidade - número singular; ou a pluralidade - número plural.

 

PESSOAS

 

 

As pessoas são três em cada número - primeiro, segunda e terceira.
publicado por paulacalcadaalves às 19:33
link do post | comentar | favorito
|
Sinais de Pontuação

SINAIS DE PONTUAÇÃO

 Pontue os seguintes excertos, utilizando os espaços assinalados e seguindo as indicações dadas.

Excerto A (6 travessões, 4 pontos finais, 3 vírgulas, 3 pontos de exclamação).

 

__ Quem diria que encontraríamos um pequeno-almoço tão bom__ compadre__ É pequenino__ mas vê-se que é saboroso __ miou um__
__ Mamã__ Socorro__ __ grasnava o passarito__
__ Do que eu mais gosto nos pássaros são as asas__ Este tem-nas pequenas__ mas vê-se que as coxas são carnudas __ apontou o outro__

 

Luís Sepúlveda, História de uma Gaivota e do Gato que a Ensinou a Voar

Excerto B (3 travessões, 3 pontos finais, 4 vírgulas, 1 ponto de interrogação, 4 reticências, 1 dois pontos).

João Sem Medo abanou a cabeça__ discordante__ E preparou-se para abandonar os dois bichos na sua luta pela igualdade__Mas à laia de despedida foi-lhes dizendo com tacto hábil de pessoa bem-educada__
__ Considero a vossa atitude muito louvável__ embora__ confesso__ o método me pareça um pouco__ Como direi__ Bem__Talvez primário__
__ Porquê__ __ bramiu mestre Boi sempre a babar-se de estupidez suave__

José Gomes Ferreira, Aventuras de João Sem Medo

Excerto C (6 pontos finais, 1 vírgula, 1 dois pontos, 1 ponto e vírgula, 1 par de aspas, 1 par de parêntesis).

 

Hoje de manhã apareceu um gato branco todo sujo à porta de nossa casa__Tinha um bilhete atado ao pescoço que dizia__ __O meu nome é Roy__ __ mas sem nenhuma morada__
A minha mãe e o meu pai tiveram uma enorme discussão acerca do Roy__ O meu pai acusou a minha mãe de o ter encorajado a ficar por lhe ter dado __ao gato__ uma tigela de leite__
A minha mãe acusou o meu pai de ser um inimigo dos animais__
O cão anda um bocado preocupado__ acho que se sente inseguro__

 

Sue Townsend, Adrian Mole na Crise da Adolescência

 

 



publicado por paulacalcadaalves às 19:31
link do post | comentar | favorito
|
Caça ao Erro

CAÇA AO ERRO … ASSINALA OS VÁRIOS ERROS EXISTENTES NO TEXTO.

(São mais de 20 erros)

 

A Menina do Mar / Sophia de Mello Breyner Andresen

Era uma vez uma casa branca nas dunas, voltada para o mar. Tinha uma porta, sete janelas e uma varanda de madeira pintada de verde. Em roda da casa avia um jardim de areia onde cressiam lírios brancos e uma planta que dava flores brancas, amarelas e rochas.

Nessa casa morava um rapasito que pasava os dias a brincar na praia.
Era uma praia muito grande e quaze dezerta onde havia roxedos maravilhosos. Mas durante a maré-alta os roxedos estavam cobertos de água. Só se viam as ondas que vinham crescendo do longe até cebrarem na areia com barulho de palmas. Mas na maré vazia as roxas apareciam covertas de limo, de búsios, de anémonas, de lapas, de algas e de ourissos. Havia poças de água, rios, caminhos, grutas, arcus, cascatas. Havia pedras de todas as cores e feitios, pequeninas e macias, pulidas pelas ondas. E a água do mar era transparente e fria. Às vezes paçava um peixe, mas tão rápido que mal se via. Disia-se «Vai ali um peixe» e já não se bia nada. Mas as vinagreiras passavam devagar, magestosamente, abrindo e fechando o seu manto rocho. E os caranguejos corriam por todos os lados com uma cara furiosa e um ar muito apresado.

O rapazinho da casa branca adurava as rochas. Adorava o verde das algas, o cheiro da marezia, a frescura transparente das águas. E por isso tinha imensa pena de não ser um peixe para poder ir até ao fundo do mar sem se afugar. E tinha inveja das algas que baloiçavam ao sabor das corentes com um ar tão leve e feliz.

publicado por paulacalcadaalves às 19:30
link do post | comentar | favorito
|
Evitar as repetições

Vamos evitar as repetições

 

            Tenta encontrar um termo apropriado para substituir a inexpressividade da palavra “coisa”!

 

            Isto é que é uma coisa! Esta coisa de não podermos avançar, por causa dessa coisa do tráfego, faz com que chegue atrasado ao serviço, o que é uma coisa de que o meu patrão gosta pouco, pois as coisas acumulam-se em cima da minha secretária.

            “Mas que coisa é esta, Sr. Guimarães?” – vai ele dizer-me – o que é uma coisa que me irrita, porque eu não tenho culpa destas coisas.

            É claro que se eu pusesse aquela coisa a tocar mais cedo, talvez a coisa não fosse a mesma e eu pudesse apanhar o autocarro antes das coisas se complicarem… Mas levantar-me cedo é uma coisa que me custa tanto! Outra coisa é que a porcaria daquela coisa, às vezes , não toca e  então a coisa complica-se, pois, quando saio de casa, já é uma coisa do diabo para se conseguir entrar naquela coisa dos transportes.

            Há uma coisa que eu queria confessar: o patrão é capaz de ter alguma razão sobre esta coisa dos atrasos…

 

 

 

publicado por paulacalcadaalves às 19:29
link do post | comentar | favorito
|
Nomes - Exercícios
Exercícios sobre os NOMES
 
    
1. Escreve o feminino de:
 
a)      judeu __________________ 
b) cidadão _________________ 
c)      réu ____________________
d) elefante _________________
e)      herói __________________ 
 f) actor __________________
g) leão ____________________     
h) plebeu __________________
 
   2.   Preenche os espaços sublinhados com o plural de:
 
a)ananás __________________         
b) lençol __________________
c) dócil ___________________             
d) vice-presidente____________
e) sala ____________________                 
f) atum ____________________
g) reunião __________________
h) capitão __________________
 
3. Observa os seguintes pares de frases. Completa os espaços com os nomes colectivos adequados aos conjuntos referidos na primeira frase.
 
[matilha, multidão, casario, arquipélago, banda]
 
a.         Do Castelo de Bragança observam-se imensas casas.
       Do Castelo de Bragança observa-se o _______________.
o          Os músicos da aldeia reúnem-se diariamente para ensaiarem o espectáculo.
       A ___________ da aldeia reúne-se diariamente para ensaiarem o                    espectáculo.
o           As ilhas dos Açores são conhecidas pela sua beleza.
       O ____________ dos Açores é conhecido pela sua beleza.
o           Na praça estavam muitas pessoas.
       Na praça estava uma ___________.
o          Naquele lugar estão muitos cães.
       Naquele lugar está uma ____________.
 
 
 
publicado por paulacalcadaalves às 19:26
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 18 de Janeiro de 2008
Substantivos Colectivos2

Substantivos

Conjunto de...

Quadrilha

Ladrões

Rancho

Crianças; filhos; grupo de pessoas.

Rebanho

Gado (em especial ovelhas ou cabras)

Renque

Árvores alinhadas

Réstia

Cebolas

Sobral

Sobreiros

Souto

Castanheiros

Vara

Porcos

Exército

Soldados

Turma

Alunos

Corja

Ladrões

Orquestra

Músicos

Olival

Oliveiras

Pinhal

Pinheiros

Equipa

Atletas

Multidão

Pessoas

Laranjal

Laranjeiras

Roseiral

Roseiras

Pomar

Árvores de fruto

Nuvem

Gafanhotos; moscas; mosquitos

Arvoredo

Árvores

Elenco

actores

Casario

Casas

Feixe

Lenha

Cambada/ súcia

Malandros

publicado por paulacalcadaalves às 23:51
link do post | comentar | favorito
|
Substantivos Colectivos

Substantivos

Conjunto de...

Alcateia

Lobos

Armada

Navios de guerra

Bando

Aves

Cáfila

Camelos

Caravana

Peregrinos ou viajantes no deserto

Cardume

Peixes

Chorrilho

Pessoas ou coisas semelhantes

Chusma

Marinheiros; populares

Campanha

Tripulação de um barco

Enxame

Abelhas

Esquadra

Armada; frota; grupo de aviões

Esquadrilha

Pequena esquadra; grupo de aviões

Formigueiro

Formigas

Frota

Navios; aviões

Galeria

Objectos de arte

Girândola

Foguetes

Leva

Presos; recrutas

Manada

Rebanho de bois; vacas ou cavalos

Matilha

Cães de caça

Ninhada

Criação de aves num ninho

Pelotão

soldados

Arquipélago

Ilhas

Cacho

Uvas

Coro

Cantores

Constelação

Estrelas

publicado por paulacalcadaalves às 23:50
link do post | comentar | favorito
|
Substantivos2

 

            Os substantivos ou nomes são palavras variáveis que designam pessoas, animais, coisas; acções, qualidades ou estados.

 

            SUBCLASSES DO SUBSTANTIVO:

 

1.      Substantivos concretos: designam pessoas, coisas e animais, isto é, tudo o que pertence ao mundo real.

Exs.:  rapaz,          cidade,           rio,      objecto,         gato,      João,           Bragança,        Tejo,         

          mesa ,         Tareco, etc.

 

2.      Substantivos abstractos: designam acções, qualidades ou estados.

 

Exs.: trabalho, doença, dor, amor, ódio, etc.

 

3.      Substantivos comuns: nomeiam todos os seres vivos ou todas as coisas de uma mesma espécie.

 

Exs.: Pedro, Brasil, Lisboa, Bragança, mesa, etc.

 

4.      Substantivos colectivos: são os substantivos comuns que, no singular, designam um conjunto de seres vivos ou coisas da mesma espécie.

 

Exs.: alcateia (de lobos)

          banda (de músicos)

          arquipélago (de ilhas)

          cardume (de peixes)

          matilha (de cães)

publicado por paulacalcadaalves às 23:44
link do post | comentar | favorito
|