.mais sobre mim
.Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.posts recentes

. Felizmente há luar - test...

. Felizmente há luar - Ques...

. Luís de Sttau Monteiro

. Camões

. Fábulas

. FICHA DE EXERCÍCIOS – “AU...

. Declinação na língua port...

. Palavras Homónimas

. Complemento directo

. Predicado

.tags

. acentuação(1)

. advérbios(1)

. caça ao erro 2(1)

. camões(1)

. conto popular(1)

. declinações(1)

. fábulas(1)

. ficha de exercícios - adjectivos(1)

. ficha de exercícios - adjectivos 2(1)

. ficha de verbos(1)

. funções sintáticas(3)

. gil vicente(1)

. grau dos adjectivos - exercício1(1)

. história da língua portuguesa(1)

. homófonas(1)

. homógrafas(1)

. luis de sttau monteiro(3)

. ortografia - g/j(1)

. palavras homógrafas(1)

. palavras homónimas(2)

. parónimas(1)

. poetas(1)

. preposições(1)

. registos de língua(1)

. testes(3)

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2009

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.links
.pesquisar
 
.Gramáticos desde Janeiro 08
online
Sexta-feira, 29 de Fevereiro de 2008
Preposições

Palavras invariáveis que exprimem relações entre duas partes de uma oração que dependem uma da outra.

 

 

a
ante
após
até

com
conforme
contra
consoante
de
desde
durante
em
excepto
entre
mediante

para
perante
por
salvo
sem
segundo
sob
sobre
trás

Explicação:

Palavra invariável, pertencente a uma classe fechada de palavras, que pode ter como complemento quer frases, quer grupos nominais, quer advérbios, mas que obriga qualquer grupo nominal que ocorra como seu complemento a apresentar Caso oblíquo ((i), (ii)).
 
 Exemplos:
(i) Ele quer jogar [contra mim].
(ii) *Ele quer jogar [contra eu].
 
O seguinte conjunto de palavras é normalmente listado como constituindo o conjunto das preposições em Português:
a, ante, após, até, com, contra, de, desde, em, entre, para, perante, por, sem, sob, sobre, trás.
 
1. As preposições distinguem-se das conjunções subordinativas pelo facto de poderem ter um grupo nominal como seu complemento, o que não acontece com as conjunções subordinativas:
(i) [A   acreditar no João], o Miguel venceu a prova.
(ii) [A  Londres] irei certamente.
 
2. Algumas preposições podem ainda distinguir-se das conjunções subordinativas pelo facto de poderem co-ocorrer com conjunções subordinativas completivas (se co-ocorrem, não são, portanto, elementos da mesma classe):
(iii) Ele apercebeu-se [de [preposição] que [conjunção] o Pedro estava cansado].
 
3. Finalmente, e embora tanto preposições como conjunções coordenativas possam introduzir grupos nominais, o grupo nominal complemento de uma preposição apresenta Caso Oblíquo, enquanto o grupo nominal introduzido por uma conjunção coordenativa apresenta Caso nominativo:
(iv) O João [e [conjunção] eu] vamos hoje ao cinema.
(v) [A [preposição] mim] ninguém oferece nada.
 
4. Alguns verbos exigem que os / alguns dos seus complementos sejam grupos preposicionais cujo núcleo é uma preposição também ela escolhida pelo verbo (fenómeno a que se tem chamado "regência de preposições" pelos verbos):
(vi) ir a x, assistir a x
(vii) concordar com x, compactuar com x
(viii) gostar de x, duvidar de x
(ix) acreditar em x, morar em x
(x) distribuir x por y, dividir x por y
 

Obs.: Dados os numerosos significados e utilizações que podem ser assumidos pelas diversas preposições, aconselha-se a consulta da Gramática Universal da Língua Portuguesa, da Texto Editora.

Contracção das preposições com artigos

 

 
Preposições Artigos definidos Artigos indefinidos
o a os as um uma uns umas
a ao à aos às - - - -
de do da dos das dum duma duns dumas
em no na nos nas num numa nuns numas
por pelo pela pelos pelas - - - -

 

 

 

publicado por paulacalcadaalves às 20:44
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Advérbios

 

Palavra invariável em género e número, pertencente a uma classe com elementos com características bastante heterogéneas do ponto de vista morfológico (i), sintáctico (ii) e semântico (iii).
Tipicamente, os advérbios desempenham a função sintáctica de modificadores de frase (iv) e do grupo verbal (v) e a função sintáctica de complementos adverbiais (vi) .
Adoptando uma classificação com base em critérios sintácticos, reconhecem-se as subclasses de advérbios de negação, advérbios adjuntos, advérbios disjuntos e advérbios conectivos.
 
Exemplos:
(i)
  (a) A Joana faz anos [hoje].
  (b) A Joana faz [facilmente] essa prova.
  (b') A Joana faz [facilimamente] essa prova.
Subclasses do Advérbio 

 
Tempo Lugar Modo
hoje; logo; primeiro; ontem; tarde; outrora; amanhã; cedo; dantes; depois; ainda; antigamente; antes; doravante; nunca; então; ora; jamais; agora; sempre; já; enfim; etc. aqui; antes; dentro; ali; adiante; fora; acolá; atrás; além; lá; detrás; aquém; cá; acima; onde; perto; aí; abaixo; aonde; longe; debaixo; algures; defronte; nenhures; etc. bem; mal; melhor; pior; assim; aliás; depressa; devagar; como; debalde; sobremodo; sobretudo; sobremaneira; quase; principalmente

Obs.: muitos advérbios de modo formam-se juntando mente à forma feminina do adjectivo

Quantidade Afirmação Negação
muito; pouco; mais; menos; demasiado; quanto; quão; tanto; tão; assaz; que (equivale a quão); tudo; nada; todo; bastante; quase sim; certamente; realmente; decerto; efectivamente; etc. não; nem; nunca; jamais; etc.
Dúvida Exclusão Inclusão
acaso; porventura; possivelmente; provavelmente; quiçá; talvez apenas; exclusivamente; salvo; senão;somente; simplesmente; só; unicamente ainda; até; mesmo; inclusivamente; também
Ordem Designação Interrogação
depois; primeiramente; ultimamente eis

onde? como? quando? porque?

 

 

 

publicado por paulacalcadaalves às 20:39
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 28 de Fevereiro de 2008
Palavras Homónimas, Homófonas, Homógrafas, Parónimas
FICHA DE EXERCÍCIOS
 
Solução a VERMELHO
 
Palavras homófonas
 
1-     Preenche os espaços em branco com a palavra adequada.
 
  • noz/nós                          Gostas desta tarte de noz? 
Nós vamos ao teatro esta noite.
 
  • cozer/ coser                  Sabes coser a tua roupa?
Ele está a cozer o almoço.
 
  • conselho/concelho         Vou dar-te um bom conselho.
Eu moro no concelho de Câmara de Lobos.
 
·         concerto/conserto       Quanto pagaste pelo conserto do teu carro?
Eles adoraram o concerto de piano.
 
Palavras homógrafas
 
1- Descobre as palavras homógrafas que faltam em cada par de frases.
                Exemplo: A Ana duvida das intenções do colega.
                              Ajuda-me a esclarecer esta dúvida!
 
O hábito não faz o monge.
Eu habito fora da cidade.
Este molho de carne é saboroso.
Esqueci-me do molho de chaves no trabalho.
Esta empresa fabrica carros de vários modelos.
Aquela fábrica polui a aldeia.
Não te esqueças de passar na secretaria da escola.
Dei o recado à tua secretária.
 
Palavras parónimas
 
1-Escolhe a palavra certa, usando-a no singular ou no plural.
 
comprimento/cumprimento
 
cumprimento à tua prima.
Repara no comprimento desta sala.
 
cavalheiro/cavaleiro                                                      
Um cavalheiro é sempre correcto.
Aquele cavaleiro ganhou a corrida.
 
descrição/discrição
 
discrição é uma virtude.
O aluno fez uma descrição pormenorizada do acidente.
 
prefeito/perfeito
 
O perfeito desta escola é muito exigente.
Este trabalho está prefeito.
 
Palavras homónimas
 
1-     Completa as frases com os seguintes pares de homónimas:
fecho/fecho                 são/são                    vão/vão
 
 Este exercício contém as mesmas palavras, apenas têm significado diferente
 
O ________ das calças estragou-se.
Quando saio à noite, _________ sempre a porta.
Este trabalho não será em __________
Vocês ______ fazê-lo com cuidado.
Está ____ como um pêro.
____ estes os discos que me ofereces?
 
Palavras sinónimas e antónimas
 
 -  Consideramos palavras sinónimas aquelas que têm um significado semelhante ou o mesmo significado e palavras antónimas aquelas cujo significado se opõe. Assim sendo, identifique os seguintes pares de palavras:
 
Trabalhador / preguiçoso antónimo
feliz / infeliz antónimo
Carácter / feitio sinónimo
encorajar / desmotivar antónimo
Preso / libertado antónimo
iniciar / começar sinónimo
Grande / pequeno antónimo
gordo / obeso sinónimo
Bondoso / generoso sinónimo
tímido / introvertido sinónimo
Completo / inacabado antónimo
desforra / vingança sinónimo

 

publicado por paulacalcadaalves às 21:51
link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito
|
Segunda-feira, 25 de Fevereiro de 2008
Conto Popular

O Conto Popular

 

Ø     A sua origem: o povo (menos letrado, proveniente dos locais rurais.

Ø     Literatura de transmissão oral (histórias contadas de boca em boca).

Ø     Geralmente histórias ligadas às crenças religiosas, aos costumes populares, etc…

 

 

CLASSIFICAÇÃO DOS CONTOS

 

Ø   Contos maravilhosos ou de encantamento;

Ø   Contos de exemplo;

Ø   Contos religiosas ou morais;

Ø   Contos de animais ou fabulários;

Ø   Contos etiológicos (narrativas míticas da fundação de um local);

Ø   Contos históricos.

 

CARACTERÍSTICAS DO CONTO:

 

Ø     Brevidade e linearidade da acção;

Ø     Número reduzido de personagens;

Ø     Concentração do tempo e do espaço;

Ø     Ausência de tempo cronológico;

Ø     O tempo remete-nos para o passado: “Era uma vez...”; “Há muito tempo atrás ...”.

 

NÚMERO REDUZIDO DE PERSONAGENS:

 

Ø      Vítima;

Ø      Herói/ heroína;

Ø      Vilão/ bruxa;

Ø      Adjuvantes (os que ajudam o herói);

Ø      Oponentes (os que ajudam o vilão).

As personagens secundárias que ajudam o herói são os chamados adjuvantes.

As personagens secundárias que ajudam o vilão a fazer oposição ao herói são os chamados oponentes.

 

publicado por paulacalcadaalves às 14:47
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 24 de Fevereiro de 2008
Ficha de trabalho - adjectivos 2
Ficha de exercícios
1. Considere a frase:   A caixinha foi esperta   .
 
a)     Classifique gramaticalmente cada uma das palavras.
A - _________________________________________________
caixinha - ____________________________________________
foi - _________________________________________________
esperta - ______________________________________________
 
b)    Escreva a mesma frase, colocando o adjectivo no grau superlativo absoluto sintético.
__________________________________________________________________
c)     Escreva a mesma frase, colocando o adjectivo no grau superlativo relativo de superioridade.
__________________________________________________________________
2. Sublinhe os adjectivos que encontrar em cada frase.
a)     As nuvens, brancas e leves, cobrem o horizonte.
b)    O mar revolto assusta.
c)     As misteriosas sombras provocaram medo.
d)     Ele era um mentiroso.
e)     Estas bonitas violetas cresceram no meu jardim.
f)     As estrelas cintilantes embelezam o céu.
g)     A luz clara e suave da lua ilumina as noites.
h)     As noites escuras e chuvosas tornam a cidade deserta.
i)       Pessoas apressadas correm para a estação.
j)      As águas tranquilas do mar convidam a um bom banho.
 
3. Escreva o plural das frases.
a)     Este exercício é útil, mas perigoso.
________________________________________________________________
b)    Este rapaz é capaz de enfrentar qualquer dificuldade.
________________________________________________________________
c)     Esta menina é muito faladora e distraída.
________________________________________________________________
4. Complete as frases, colocando o adjectivo     rápido    no grau indicado.
a)     O avião é ______________________. (Grau normal)
b)    O cavalo é ___________________ o caracol. (grau comparativo de superioridade)
c)     A égua é _____________________ o cavalo. (grau comparativo de igualdade)
d)     O avião é ____________________ . (grau superlativo absoluto sintético)
e)     O avião é _________________ de todos. (grau superlativo relativo de superioridade)
f)     O caracol _______________ de todos. (grau superlativo relativo de inferioridade)
 
5. Complete o seguinte quadro.
GRAUS
Normal
Superlativo absoluto sintético
Superlativo absoluto analítico
 
 
muito larga
triste
 
 
linda
 
 
 
pequeníssima
 
estranho
 
 
grande
 
 
 
 
muito bonita
 
6. Complete o texto com os adjectivos que considerar mais adequados.
Eu vivia naquela quinta. Era uma quinta com muros muito ___________, com um tanque _____________, onde viviam peixes _______________.
         Eu fugia da quinta para ler o meu livro de aventuras. Ao meu lado sentava-se o meu cão “Top”. Ele era _____________, _______________ e _________________. Adorava roer tudo o que encontrava. Tinha olhos ______________ e o seu pêlo era muito _____________.
 
7. Escreva quatro frases, utilizando em cada uma delas pelo menos dois dos seguintes adjectivos:
bom             perigoso       comilão        zangado
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
 
 
8. Considere a frase: “O charco estava sujo”
a)     Classifique gramaticalmente cada uma das palavras:
O - _________________________________________
charco - _____________________________________
estava - ______________________________________
sujo - _______________________________________
 
b)    Invente uma nova frase, colocando o adjectivo no grau:
·        Comparativo de inferioridade: _____________________________________
·        Superlativo relativo de superioridade:_______________________________
.     Superlativo absoluto sintético_______________________
publicado por paulacalcadaalves às 16:37
link do post | comentar | favorito
|
Ficha de trabalho - adjectivos
FICHA DE TRABALHO - ADJECTIVOS
 
Manhã apressada
A minha mãe acordou tarde e acordou tardíssimo o meu pai que se ia esquecendo de me acordar.
É sexta-feira e a manhã começa do avesso. Choveu durante toda a noite e cá em casa temos cara de tempestade. Só o Buffalo Bill e a avó Luísa se mantêm muito descansados a dormir alegremente.
(...)
Saímos. Vou faltar à primeira hora, bolas! Primeiro deixámos a minha mãe no emprego, depois uma volta enorme até descobrir num descampado a cara desmaiada da "Careca"...
(...)
Atravessei o lodo e recolhi-me debaixo de um tapume. Contornei o Pavilhão 2 e pus-me à escuta. Havia um som estranho, mais estranho que a água a suicidar-se vinda do céu. Alguém chorava. Era um som inconfundível.
Alexandre Honrado, "Uma Chuvada na Careca" (adaptado)
Ambar, Porto, 2ª edição, Agosto de 2000
 
Após ter lido, com atenção, o texto anterior, responda aos seguintes exercícios:
 
A) Para cada exercício apenas uma resposta é a correcta. Descubra qual.
1.        "Só o Buffalo Bill e a avó Luísa se mantém muito descansados..."
A.        ?    superlativo absoluto analítico
B.         ?    superlativo absoluto sintético
C.         ?    comparativo de superioridade
2."...depois uma volta enorme..."
A.        ?    superlativo absoluto analítico
B.         ?    superlativo absoluto sintético
C.         ?    normal
3."...um som estranho, mais estranho que a água..."
A.        ?    superlativo absoluto sintético
B.         ?    comparativo de superioridade
C.         ?    superlativo relativo de superioridade
  1. Foi a manhã mais complicada daquela semana.
A.        ?    superlativo absoluto analítico
B.         ?    superlativo relativo de superioridade
C.         ?    comparativo relativo de igualdade
  1. A mãe chegou ao emprego menos atrasada que os outros.
a.         ?    superlativo relativo de inferioridade
b.         ?    superlativo absoluto analítico
c.         ?    comparativo de inferioridade
  1. Não havia uma manhã tão chuvosa como aquela há muito tempo.
a.         ?    superlativo absoluto analítico
b.         ?    comparativo de superioridade
c.         ?    comparativo de igualdade
  1. «... a cara desmaiada da "Careca"...»
a.         ?    superlativo absoluto sintético
b.         ?    comparativo de igualdade
c.         ?    normal
 
_______________________________”____________________________________________
 
B)
 
1.   Diga, por palavras suas, o que entende por adjectivo?
 
2.     Como já estudou os graus dos adjectivos, vai agora responder a algumas perguntas.
 
Identifique o grau em que se encontram os adjectivos nas frases:
 
a)  Este lápis é tão grosso como aquele.
 b) Aquela casa é muito bonita.
 c)  A Ana Margarida é a menos preguiçosa.
 d) O Estojo é grande.
  e)  A Carina é mais calma do que a Susana.
 
 3.   Escreva uma frase em que apliques um adjectivo no grau indicado:
 
a)  Grau comparativo de inferioridade:
 b) Grau superlativo absoluto sintético:
 c)  Grau absoluto analítico:
 d) Grau superlativo relativo de superioridade:
 
4.   Assinale com uma cruz  (x) a resposta certa:
 
4.1-  O João é o mais falador da turma.
 Grau comparativo de superioridade         
 Grau superlativo relativo de superioridade
 Grau superlativo absoluto analítico            
4.2-  Aquela aluna é aplicadíssima.
  Grau superlativo relativo de superioridade 
  Grau superlativo absoluto analítico               
  Grau superlativo absoluto sintético                
    4.3- Esta música é menos bonita do que, a que ouvimos ontem.
 Grau comparativo de inferioridade                 
 Grau superlativo relativo de inferioridade           
Parte inferior do formulário
 
 
 
publicado por paulacalcadaalves às 16:28
link do post | comentar | favorito
|